SMData

A melhor performance para seus dados

  • Home >
  • Saia a frente no pós crise com uma estratégia Data Driven

Saia a frente no pós crise com uma estratégia Data Driven


É notório que empresas e líderes em seu segmento, são os que mais reconhecem a importância de dispor de dados confiáveis.

Que buscam gerenciar seu ativo com eficácia, para obter vantagem competitiva e consequentemente excelentes resultados financeiros.

Entretanto, muitas empresas não sabem como iniciar e realizar uma gestão de dados pró ativa. Elas não dispõe de conhecimento suficiente e tecnologias apropriadas para enfrente os seus desafios. E acabam tendo dificuldades de como fazer o uso adequado dos seus dados e colocar em prática a estratégia Data Driven.

Mas afinal, como se tornar uma empresa data driven?

Levando em consideração a nossa experiência, recomendamos:

1 – Ponto de partida para qualquer estratégia orientada a dados seja o apoio de um líder e identificar:

  • os principais desafios de negócios da empresa;
  • os dados que poderão ajudar resolvê-los;
  • onde estão disponíveis e estratégicos os dados na empresa;
  • se precisam adquirir novos dados de algum parceiro.

2 – De posse dessas informações, defina um projeto que terá um impacto significativo na empresa e os indicadores que irão ajudar a medir o seu desempenho. Pode ser como, por exemplo:

  • melhorar a satisfação do cliente;
  • reduzir Churn (Cancelamento de clientes);
  • automatizar o processo de análise e insights de comportamento dos consumidores e vendas;
  • analisar as demandas por categorias, identificando as que tem mais protagonismo.

3- Utilize a metodologia MVP (Produto Mínimo Viável), para viabilizar o seu projeto e rapidamente apresentar os resultados.

4 – Implante uma metodologia de Gestão de Dados, estabelecendo políticas, papeis e responsabilidades.

5 – Garanta que as pessoas tenham as competências necessárias para executar o projeto e as ferramentas certas.

Conclusões

Levantados os dados, escolhido o projeto, defina os padrões de qualidade desejados, a infraestrutura e as tecnologias necessárias que irão ajudá-lo a determinar como os dados serão coletados, onde serão armazenados, processados, analisados e transformados em insights.

No dia-a-dia, faça a Gestão dos seus Dados, procure desenvolver o seu projeto com o mínimo viável de Governança e Proteção de Dados. Planeje, monitore e engaje os demais participantes, para que você possa garantir o sucesso e um processo organizado, seguro e evolutivo.

Lembre-se!

Frequentemente coletamos dados pessoais e sensíveis sobre os clientes, sobre produtividade da empresa para resolver um desafio estratégico e impulsionarmos o desempenho do negócio. Qual é o seu desafio?

Exemplos:

  1. Habilitar o cliente para contratar e comprar nossos serviços ou produtos;
  2. Acompanhar as vendas e o relacionamento do cliente com a empresa e ter previsibilidade sobre os resultados;
  3. Analisar as demandas e as ofertas;
  4. Obter insights de como as pessoas se comportam;
  5. Entender o comportamento dos consumidores e transforma em estratégias e vantagens competitivas. 
  6. Subsidiar as iniciativas de pesquisas, marketing e de outras áreas;
  7. Identificar novos clientes em futuras prospecções;
  8. Viabilizar o lançamento de novos serviços ou produtos;
  9. Evitar possíveis perdas financeiras;
  10. Interagir nos canais digitais;
  11. Garantir os níveis de serviço e atender as expectativas dos clientes.

Então, não perca tempo e a oportunidade de incrementar os seus resultados fazendo melhor uso dos seus dados. Comece hoje mesmo a identificar um desafio e colocá-lo em prática.

Sabemos que não é uma tarefa fácil implantar uma estratégia Data Driven, mas com o parceiro certo, você terá um caminho seguro.

Meu nome é Arthur Guitarrari sou Sócio Diretor da SMDATA, empresa referência em Gestão de Dados e Inteligência Analítica. Vamos conversar? Entre em contato arthur.guitarrari@smdata.com.br +55 11 99604-8508 – www.smdata.com.br – +55 11 2529-7596